Representatividade

Conselho Estadual de Saúde no Amapá

O Instituto SHELTER participou das eleições 2016 para composição do Conselho Estadual de Saúde do Amapá (CES/AP) e conseguiu uma cadeira, com direito a voto. Terá no CES/AP a representatividade com um conselheiro titular e dois suplentes para o triênio 2016-2018.

 

Nossos Conselheiros são: 

    Titular: Rosalina N B Tork

    1º Suplente: Nivaldo Duarte Farias

    2º Suplente: Mariselma Brito da Silva


Vamos contribuir para cuidar da saúde do estado do Amapá todo dia e o dia todo. Vamos somar e multiplicar para fortalecer as instituições, os usuários, o CES/AP e o Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Confira no Jornal Diário do Amapá a posse das novas entidades que compõem o CES. 

 

Confira a publicação do Decreto nº 1556-2016, que nomeou os Conselheiros, no Diário Oficial do Estado do Amapá nº 6188.

Fórum Estadual de Controle Social em Defesa do SUS

O Fórum Estadual de Controle Social em Defesa do SUS é o conjunto dos movimentos sociais e populares do estado do Amapá que foi instituído para defender os DIREITOS SOCIAIS e o SUS de maneira participativa, dialógica e compartilhada com a sociedade amapaense. O INSTITUTO SHELTER, sabendo da importância do Fórum para defender o direito à saúde e o direito à vida do cidadão amapaense, integra o Fórum desde janeiro de 2016.

 

O Fórum tem o compromisso de defender o SUS como patrimônio do povo brasileiro. O clamor popular exige o aprimoramento das ações de cuidado, formação profissional e controle social por meio de uma gestão em saúde realizada de maneira compartilhada com a população, em especial os setores socialmente excluídos.

 

Defendemos a construção conjunta de políticas capazes de enfrentar os determinantes sociais, relacionados às condições em que uma pessoa vive e trabalha, e de promover saúde de uma forma ampliada e crítica. Desta forma, defendemos a transparência do Sistema Único de Saúde dentro dos seus princípios: EQUIDADE, TRANSVERSALIDADE, UNIVERSALIDADE e INTEGRALIDADE.

 

Defendemos, ainda, que a gestão do SUS, nas três esferas administrativas, respeite os cidadãos e cidadãs usuários da política de saúde do SUS e os instrumentos de controle social, a exemplo dos Conselhos de Saúde, e que os investimentos alocados à saúde cumpram, efetivamente, o propósito a que se destinam.

 

Acesse aqui a Carta do Fórum em Defesa do SUS pela passagem do Dia Mundial da Saúde em 07/abril/2016.

 

Nossos Parceiros:

  • Facebook App Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ App Icon

© 2016 www.institutoshelter.org. Criado por Rosalina das Neves Bittencourt Tork, ativado por Wix.com